domingo, 31 de julho de 2016

PM “Neto Pedreira” lotado em Tucano morre após acidente entre carro e carreta na BR-116 / Norte, em Serrinha

ddfe7c2e-668a-4be4-b8c4-85b11b412f39O soldado da Polícia Militar Antônio Pedreira da Cruz Neto, 29 anos, natural de Biritinga, morreu em um grave acidente na BR-116, em Serrinha, na manhã deste domingo (31), por volta das 6h40. Segundo testemunhas, ele seguia em um veículo Pálio, de cor branca, de Serrinha com sentido a Tucano, onde iria trabalhar neste domingo, quando colidiu com uma carreta.
O policial foi arremessado na pista após o carro capotar e morreu no local. O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica em Feira de Santana. Ainda de acordo com testemunhas, um passageiro que viajava com o policial foi encaminhado em estado grave para um hospital de Serrinha. Com o forte impacto, a carreta tombou fora da rodovia. Não há informações sobre o condutor.
c00316b0-4b4c-4676-b686-3ebafa353fabAté a publicação desta reportagem, as causas do acidente ainda eram desconhecidas. A Polícia Rodoviária Federal, foi acionada e esteve no local. O soldado PM  “Neto Pedreira”,ou simplesmente “Pedreira”, como era conhecido, ingressou na corporação em 2008. Ele atualmente trabalhava na 2ª Companhia Destacada da PM em Tucano, pertencente ao Quinto Batalhão da Polícia Militar, sediado em Euclides da Cunha.
Antônio Neto era filho do tenente-coronel PM Antônio Pedreira da Cruz Junior, ex-sub-comandante do 16º BPM, sediado em Serrinha, e atual comandante da 29ª CIPM em Seabra, na região da Chapada Diamantina. 

0 comentários:

Postar um comentário

O COMENTÁRIO ANONIMO NÃO SERÁ LIBERADO, AGRADECEMOS A COLABORAÇÃO.