domingo, 12 de março de 2017

UFC: Vitor Belfort não resiste e é derrotado por nocaute de Kelvin Gastelum, veja vídeo.

Em menos de quatro minutos, ainda no primeiro round, o ex-campeão do UFC Vitor Belfort, 39 anos, foi nocauteado pelas mãos do norte-americano Kelvin Gastelum em Fortaleza (CE). Após a luta, na madrugada deste domingo (12/3), muito abatido e com lágrimas nos olhos, o veterano revelou o desejo de encerrar a carreira em casa, no UFC 212, no Rio de Janeiro, em junho. 

“Kelvin é um lutador excelente. Me acertou um golpe que não esperava. Agora, é hora de mudar de lado, já fiz muita coisa pelo esporte. Tenho mais uma luta no contrato e quero lutar no Rio de Janeiro. Já entreguei muito aqui dentro. Quero pelo menos fazer mais essa luta”, disse o brasileiro. 

Mais sobre o assunto 
Bisping aposenta Henderson e mantém cinturão do UFC; Belfort perde Belfort começou bem no combate, mas foi ao chão após uma boa sequência de socos de Gastelum. O brasileiro até se levantou, mas levou dois cruzados e acabou perdendo por nocaute técnico após cair novamente. Embalado pela vitória, sua segunda desde que subiu ao peso-médio, o norte-americano foi ousado e desafiou Anderson Silva para um combate.

“Eu treinei três meses, não consegui assistir o aniversário da minha mãe por causa dessa luta com o Belfort. Tem um cara que há muito tempo faz barulho e quero muito enfrentar ele: Anderson Silva, no Rio, quem sabe. Estou pronto para o próximo”, disse o norte-americano, antes de fazer a arena puxar em coro um “parabéns a você” em homenagem a sua mãe. 

Essa foi a terceira derrota seguida de Belfort, 39 anos, que igualou a pior sequência de sua carreira no MMA, obtida em 2005, quando também saiu do octógono derrotado três vezes consecutivas. 

Apelidado de Fenômeno, o brasileiro tem uma carreira no MMA de 25 vitórias e 14 derrotas. Começou no esporte aos 19 anos e aos 20 conquistou o GP do UFC na divisão de pesados, derrotando três adversários no mesmo dia. (Fonte: Notícias ao Minuto) Vídeo abaixo:


0 comentários:

Postar um comentário

O COMENTÁRIO ANONIMO NÃO SERÁ LIBERADO, AGRADECEMOS A COLABORAÇÃO.